RSS

Arquivo mensal: julho 2013

Royal Canin se compromete com a ONG FOUR PAWS a dar total apoio no resgate de ursos usados em rinha

Viena, 31 de julho de 2013 – Durante as reuniões de ontem em Viena, a Royal Canin assumiu o compromisso com a ONG Four Paws de aceitar a responsabilidade: a empresa vai apoiar o salvamento dos ursos, que tem sido atormentados durante o treinamento com cães para rinha.

ursos-santuario

As reuniões começaram após a publicação na semana passada de um vídeo feito pela Four Paws. que expôs a Royal Canin como patrocinadora dos cruéis eventos que ocorrem na Ucrânia.

rinha-ursos1 o-FOUR-PAWS-570

A publicação resultou em veementes protestos em todo o mundo, e os relatórios de mídia intensiva e um pedido de desculpas público pela empresa.
 
Após que as rinhas foram descobertas, a ONG Four Paws apresentou uma proposta de projeto para o governo ucraniano, e, em seguida, também para a empresa Royal Canin.

Deverá ainda ser definido um local para a construção do santuário  onde de 15 a 20 ursos em questão poderão passar o resto de suas vidas em condições apropriadas. A ONG Four Paws tem a seu favor os anos de experiência no resgate de ursos e a sua gestão bem sucedida de quatro santuários na Bulgária, Alemanha, Áustria e em Kosovo.

four-paws-bear1 four-paws-bear2

O Dr. Amir Khalil, Diretor de Desenvolvimento de Projetos e principal negociador da Four Paws, explica:

“Estou satisfeito que já fomos capazes de sentar-se com a Royal Canin para discutir soluções concretas.

Congratulamo-nos com a vontade de Royal Canin em assumir a responsabilidade. Mas é claro que as palavras não são suficientes – agora precisamos ver ações “.
Ao longo das próximas semanas um plano detalhado do projeto será elaborado pela Four Paws e a Royal Canin e suas equipes de negociação.

“Como parte deste então vamos também trabalhar em conjunto para mapear os dados do suporte.”
“A Royal Canin aguarda a abertura deste novo capítulo, ajudando a promover o bem-estar animal na Ucrânia. Portanto, temos a intenção de fornecer financiamento para este projeto.

Iremos também assumir a liderança na construção de uma aliança para incluir partes de voluntariado adicionais (parceiros de negócios, associações, ONGs, etc …) para garantir que o projeto está garantido para o longo prazo “, diz Hervé Marc, diretor global de Assuntos Corporativos com a Royal Canin.

O Dr. Khalil salienta que este projeto está apenas no início: “Mas já está claro que precisamos do apoio das autoridades ucranianas se quisermos acabar com o sofrimento dos ursos. Um projeto como esse demanda uma grande parte logística, parte financeira e e parte burocrática, e, como tal, também precisa de um monte de tempo. “

Fonte: ONG Four Paws

Nota do Blog: Parabéns a ONG Four Paws pela atuação nesse caso, primeiro com à denuncia das rinhas e com ela além de conseguir uma retratação mundial da Royal Canin, que ela arque com a construção de um santuário para abrigar os ursos explorados.

Parabéns também a Royal Canin, por perceber que apesar de seus produtos serem consumidos apenas por cães e gatos, a clientela humana se importa e muito com quaisquer maus tratos, crueldades que ocorram com outros animais, independente da espécie destes, em quaisquer lugares do mundo.

Parabéns a todos os humanos  que se mobilizaram  para o fim dessa crueldade e o princípio de uma nova vida para eles.

Royal Canin apoiará a construção de um centro de acolhimento para 15 ursos envolvidos em rinhas na Ucrânia

Parceria da Royal Canin com a ONG Four Paws e autoridades ucranianas contribuirá com a erradicação das práticas de bear-baiting naquele país

Ontem, dia 30 de Julho de 2013, a Royal Canin reuniu-se com a FOUR PAWS para estudar um projeto que propõe a construção de um centro de acolhimento para 15 ursos na Ucrânia. A Organização Não Governamental FOUR PAWS obteve o apoio das autoridades ucranianas para a concretização deste projeto e a Royal Canin já se comprometeu a também participar. Estamos trabalhando presencialmente com a FOUR PAWS para fechar o plano de implementação.

A Royal Canin tem não só a intenção de financiar a iniciativa, mas também de liderar a construção de alianças para incluir outros voluntários, como parceiros, associações e ONGs, de forma a garantir que este seja um projeto de longo prazo.

A Royal Canin está fortemente empenhada para que este passo inicie um novo capítulo de apoio ao bem-estar animal na Ucrânia.

Fonte: Royal Canin

Anúncios
 

Bombeiros fazem rapel para resgatar cão pendurado em morro de Santos

Outro cachorro acabou rolando pelo morro, mas também foi resgatado.
Ação durou aproximadamente quatro horas.

RAPEL_CAES

Bombeiros resgataram dois cachorros que se acidentaram no morro Santa Terezinha, em Santos, no litoral de São Paulo, na tarde deste sábado (27). Um cachorro ficou pendurado por uma bromélia e o outro acabou escorregando pelas pedras no morro. Mas, ambos foram resgatados e passam bem.

Na região das pedras do morro Santa Terezinha, os latidos chamaram a atenção dos moradores, que ligaram para o Corpo de Bombeiros de Santos para o resgate. Um cão estava pendurado somente com a ajuda de uma bromélia. Outro cão já havia caído morro abaixo.

Uma equipe de sete homens precisou descer o morro de rapel para alcançar o cão. “Fizemos quase 80 metros de corda para acessar o animal, depois para tracionar também. O bombeiro teve que fazer praticamente um zigue-zague lá embaixo, isso dificulta muito na hora de puxar”, explica o tenente do Corpo de Bombeiros Renato Abreu do Carmo.

Ainda pendurado pela planta, por mais de dez vezes o animal tentou subir, mas a pedra estava molhada e as patas escorregavam em todas as tentativas. A preocupação era que, nestas tentativas, o animal acabasse caindo. Até que o bombeiro finalmente conseguiu prender o animal em cintas junto ao corpo. O cachorro ficou paralisado com o susto, mas passa bem. “Ele está bem assustado, um pouco machucado, mas ele não dificultou não. Parece que sentiu o perigo, então colaborou com a gente”, afirma o bombeiro José Martins.

Foram cerca de quatro horas de trabalho. Uma moradora se sensibilizou com o caso e, antes mesmo do fim dos trabalhos já tinha ligado para um médico veterinário. Ao descer, a equipe ainda andou pela mata que fica embaixo do morro. A segunda surpresa boa do dia: o cachorro que caiu foi encontrado em um cantinho, nos fundos de uma casa, com a pata quebrada. “O importante é trazer uma vida, e o cachorro é uma vida. A gente nem sente o tempo passar e quer fazer da melhor forma possível, esse é nosso trabalho, nossa missão”, finaliza o bombeiro.

Assista ao vídeo do resgate

Fonte: G1

 
 

Faculdade ameaça Saguis em Ribeirão Preto

A construção de um novo prédio para o grupo UNISEB está desmatando uma área com cerca de 108 árvores que servem de moradia para uma família de Saguis. Alguns saguis já foram mortos. Vamos impedir que outros morram.
saguis_faculdade
Alguns Saguis já morreram atropelados. Outros, agora só não estão passando fome graças a voluntários e ativistas que os alimentam diariamente sob pressão de um guardinha contratado pelo COC que tem orientações para nos impedir.

sagui2 sagui4

O COC solicitou à Secretaria do Meio Ambiente o desmatamento para ampliar a Faculdade e esta por sua vez concedeu uma autorização de no. 14/2013 no dia 20/02/2013 com validade até 20/02/2014, com assinaturas da Mariel Silvestre e do engenheiro agrônomo Wilson E. Costa Junior.

sagui3 A prefeitura e o departamento jurídico do COC alegaram não saber da existência dos macaquinhos, quando foram procurados por Nelci de Guide. Uma grande mentira já que os próprios alunos e alguns funcionários do COC os alimentavam antes do inicio das obras.
Os derrubadores ligavam as motoserras e assustados, os Saguis corriam para as ruas, onde morriam atropelados.
Com o local cercado, os macaquinhos estão desesperados de fome. Tentam até entrar nas casas vizinhas.Graças a intervenção do GAAMA e da vereadora Viviane Alexandre junto a Secretária de Meio Ambiente Municipal, as obras foram paradas até que a Secretária de Meio Ambiente Estadual defina quando e para onde os Saguis devem ser transferidos.

Até lá, cabe a nós, população, atendermos ao pedido de Socorro desses animais por comida. Junte-se a nós.

sofrimento-animais
Já na mídia, a história que circula é

Saguis ‘interrompem’ expansão de universidade em Ribeirão Preto, SP

Terreno que vai abrigar prédio de medicina é habitat de macacos.
Animais correm risco se não forem retirados do local, dizem ambientalistas.

 

Cão é abandonado dentro do contêiner de lixo

Depois de ouvirem latidos insistentes que vinham das proximidades da Praça Dante Alighieri, eles encontraram um cachorro de porte grande dentro de um contêiner de lixo.
cao_conteiner
Uma equipe do canil da brigada Militar do município foi chamada pelos moradores para o resgate do animal. O cachorro não estava ferido. Ainda não se sabe como ele foi parar dentro da lixeira. A principal suspeita é de abandono.
Após ser resgatado pelos policiais, o cachorro foi encaminhado para a Sociedade Amigos dos Animais (Soama), uma ONG sem fins lucrativos formada por voluntários em Caxias do Sul.
Reportagem do Jornal do Almoço, da RBS TV (veja o vídeo do resgate).

 

Cão é resgatado após 77 horas do terremoto na China

O Cão teria sobrevivido por três dias graças à água das chuvas. Ele foi encontrado por equipes de socorro que trabalhavam na região de Dingxi na quinta-feira.

Slide1

Setenta e sete horas após um forte tremor atingir o nordeste da China, o cão foi resgatado vivo dos escombros de um prédio desabado no vilarejo de Lalu, informa o Daily Mail.

Slide2

Slide3

Slide4

 

Instituições Pró-Animais herdaram à fortuna de Sam Simon dos ‘Simpsons’

Sam Simon, o co-criador da série “Os Simpsons” ao lado de Matt Groening, vai doar toda a sua fortuna adquirida em royalties da animação, que segundo ele chega a dezenas de milhões de dólares, para caridade.

316404_10151307227172242_542551921_n

Entre as instituições que serão beneficiadas por Simon está a PETA, a ONG Save The Children e a Sea Shepard, instituição de conservação da vida marinha. “A verdade é que eu tenho dinheiro e interesse em gastá-lo. Cuidei de todos na minha família. Eu gosto disso”, declarou o produtor.


20130122_sam_simon_0090_bullet_a_p

O produtor executivo que sofre de câncer no cólon, vai destinar sua fortuna para programas de combate à miséria e à proteção dos animais.

Ao site “The Hollywood Reporter”, ele admitiu que sua doença já está em fase terminal.

Mas não é porque ele esteja morrendo que tomou essa atitude. Há anos Sam Simon criou a Fundação Sam Simon, que resgatava animais de abrigos ou das ruas onde estes seriam eutanasiados.

Os cães eram treinados para serem doados como cães-guias para pessoas cegas ou paralíticas, ou para quem mais quisessem adota-los.

Sam-Simon-Foundation-donate-now2

Uma pena que as pessoas de bom coração, partem tão cedo deste nosso plano, boa viagem Sam.

 

A Extinção das Baleias

Em 1986, o filme Star Trek IX – A Viagem para casa, já denunciava que a caça as baleias às levaria a extinção.
baleias-star_trek01
A Terra, no século XXIII, recebe uma estranha “visita” quando uma sonda espacial aparece e emana sons estranhos para a planeta, aparentemente esperando por uma resposta. Com o passar do tempo, a sonda começa a causar grandes tempestades, ameaçando a destruição da Terra, pois está ionizando a atmosfera e as fontes de energia entraram em colapso. Além disto as naves em órbita estão inoperantes e a sonda está vaporizando os oceanos. Kirk e sua tripulação são avisados que a humanidade perecerá se não for achado um meio de responder a sonda. Spock então conclui que o som é o canto das baleias-jubartes, em uma tentativa de se comunicar com estes cetáceos.
Porém, como elas foram extintas no século XXI, nunca haverá resposta e a Terra está com os dias contados.
Assim só resta uma saída para Kirk e sua tripulação resolverem este gravíssimo problema: voltar no tempo até o século XX, pegar um casal de baleias-jubartes e levá-las até o século XXIII, onde eles poderão responder à sonda e assim salvar o planeta.
baleias-star_trek2
Talvez esse filme de 1986, tenha contribuído para que em 1988, as pessoas se mobilizassem exigindo dos governantes  para o salvamento emocionante de baleias encalhadas no Alaska, também transformado em um filme intitulado “ O Grande Milagre” do qual hollywood foi fel ao fatos.
milagre-baleias (13)[3]

Talvez os fatos acima e muitos outros tenham contribuído para a minha teoria de que Salvando as Baleias esfriamos os oceanos”, e evitamos o aquecimento global, e preservamos a vida na terra para todos nós humanos e os outros seres viventes deste planeta.

teoria_xicara_baleia

#SalvemAsBaleias


Leia Também

 
 
%d blogueiros gostam disto: